Cãibras: Causas e prevenção



Porque temos cãibras?

Existe uma grande variedade de fatores que podem despoletar uma cãibra muscular, algumas das razões conhecidas são:

  • má circulação nas pernas

  • excesso de esforço muscular

  • não aquecer antes e não alongar devidamente após o exercício físico

  • fazer exercício em períodos do dia demasiado quentes

  • fadiga muscular

  • desidratação

  • défice de magnésio, potássio ou sódio

  • compressão nervosa dos nervos na espinal medula

  • lesão na espinal medula ou radiculopatia no pescoço ou nas costas.

Por outro lado, as cãibras musculares podem ainda ser efeitos secundários de alguma medicação como:

  • diuréticos, que retiram água do organismo

  • medicamentos como a donepezila, utilizada no tratamento da Alzheimer

  • neostigmina, medicamento utilizado no tratamento da miastenia grave

  • nifedipina, fármaco usado para a angina de peito e para a hipertensão

  • raloxifeno, utilizado no tratamento da osteoporose

  • medicamentos para a asma como a terbutalina ou o salbutamol

  • tolcapona, utilizado no tratamento da doença de Parkinson

  • medicamentos da categoria da estatina, utilizados para combater níveis elevados de colesterol.

Existem várias teorias suportadas pela ciência que ajudam a explicar o aparecimento das cãibras. Partilhamos também aqui algumas:

Teoria neuromuscular

Esta é uma teoria recente tem como base que a fadiga neuromuscular é a principal causa de cãibras. O cansaço muscular aumenta os impulsos excitatórios, diminuindo os impulsos inibitórios que são transmitidos aos músculos, provocando a cãibra. Um fator que que ajuda a suportar esta teoria é que o alongamento dos músculos afetados é um método eficaz para ultrapassar uma cãibra.

Teoria dos eletrólitos/desidratação

Esta teoria baseia-se num distúrbio significativo de fluidos ou do equilíbrio eletrólito do sistema músculo-esquelético. Este desequilíbrio ocorre devido a uma redução dos níveis de sódio no organismo, como quando se sua excessivamente, provocando uma deslocação dos fluidos à volta dos músculos, conduzindo ao espasmo nervoso que leva à cãibra.

Canal Receptor Transiente

Estes canais conectam a boca ao sistema nervoso central e a hipótese é que, se eles forem ativados, causam um reflexo inibitório nos músculos, parando a cãibra.

As substâncias que estimulam o TRP são o wasabi, o óleo de mostarda, e a água dos pickles. A água dos pickles contém ácido acético que pode estimular os recetores de TRP e, deste modo, aliviar as cãibras.

A resposta a esta estimulação nervosa é praticamente instantânea, enquanto que a toma de sódio demora alguns minutos, uma vez que ainda tem de ser absorvido pelo organismo. Esta teoria é consistente também com a ideia de que as cãibras têm origem no sistema nervoso e não somente no desequilíbrio dos eletrólitos.

Quando visitar o médico?

Na maioria dos casos pode tratar de uma cãibra sozinho. Normalmente, ao fim de alguns minutos, vai desaparecer. No entanto, visite o seu médico assistente ou fisiatra quando:

as cãibras provocam um grande desconforto estão associadas a inchaços musculares, vermelhidão ou alterações da pele associadas a fraqueza muscular acontecem com (demasiada) frequência

não estão associadas a nenhuma causa específica tal como o esforço muscular.

Sente dores musculares? Veja aqui como pode prevenir.

Referências

https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/take-that-muscle-cramps

https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/dist%C3%BArbios-hormonais-e-metab%C3%B3licos/equil%C3%ADbrio-eletrol%C3%ADtico/considera%C3%A7%C3%B5es-gerais-sobre-eletr%C3%B3litos

https://pt.qaz.wiki/wiki/Transient_receptor_potential_channel

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo