Exercício na Gravidez: Sim ou Não?

Começamos este artigo a responder à pergunta mais importante: posso treinar durante a gravidez? SIM, desde que com o acompanhamento correto e com treinos adequados às necessidades de cada grávida. Fazer exercício durante a gestação tem diversas vantagens não só para a mãe como para o bebé e neste artigo vamos explicar-lhe porquê, bem como alguns dos cuidados que deve ter.


Esclarecendo o que gera mais dúvidas, excetuando casos de gravidez de risco, treinar é seguro e não aumenta os riscos de aborto, peso reduzido do bebé à nascença ou parto prematuro. No entanto, importa ressalvar que é extremamente importante ser acompanhado por um obstetra-ginecologista, que dará a autorização para prosseguir com os treinos, e por um personal trainer, que adequará os exercícios às características e necessidades de cada gravidez.


Quais são os benefícios do exercício durante a gravidez?

A prática de exercício regular durante a gravidez beneficia não só a mãe como o bebé. Algumas das vantagens são:

  • Redução de dores nas costas e inchaço;

  • Ajuda a prevenir a obstipação;

  • Melhoria do estado emocional e psicológico;

  • Redução da ansiedade e stress;

  • Diminuição do risco de diabetes gestacional, pré-eclâmpsia e cesariana;

  • Promove o aumento de peso saudável durante a gravidez;

  • Fortalecimento do coração e vasos sanguíneos;

  • Promove o tónus muscular, a força e a resistência;

  • Preparação para o momento do parto;

  • Ajuda na perda de peso após o parto.


Quer praticar exercício com o acompanhamento de um profissional? Fale conosco através do +351911744909 ou reserve usando o link abaixo.


Quais as alterações ocorridas durante a gravidez que podem afetar a minha rotina de treinos?

Durante a gravidez o corpo passa por muitas mudanças e é preciso tê-las em conta na escolha dos exercícios a fazer, daí a importância de um acompanhamento especializado. Alguns dos fatores a ter em conta são:

  • As hormonas libertadas durante a gravidez provocam o relaxamento dos ligamentos que suportam as articulações, aumentando o risco de lesão das mesmas. Como tal, devem ser evitados movimentos bruscos e de impacto elevado.

  • O peso extra existente na frente do corpo desloca o centro de gravidade, fazendo pressão nas articulações e músculos, especialmente nos da pélvis e parte inferior das costas. Consequentemente o corpo fica menos estável, o que pode aumentar o risco de perder o equilíbrio e cair.

  • Durante a gravidez a necessidade de receber oxigénio aumenta, o que pode afetar a capacidade de fazer exercício extenuante, especialmente em casos de excesso de peso. É, por isso, essencial ter a ajuda de um profissional que auxilie no controlo da respiração e adeque os exercícios à capacidade de cada mulher.


Precauções extras ao treinar durante a gravidez

  • É essencial beber muita água antes, durante e depois da prática de exercício físico.

  • Usar um soutien desportivo que dê o apoio adequado ao peito. Numa fase mais avançada da gravidez usar um cinto de apoio à barriga pode reduzir o desconforto ao andar ou correr.

  • Usar sempre roupas largas e fazer exercício num local com temperatura controlada, de modo a evitar o sobreaquecimento do corpo. Treinar no exterior em dias de muito calor ou humidade deve ser evitado.


A FC Saúde conta com uma equipa de profissionais pronta para a acompanhar, a si e ao seu bebé, não só durante a gravidez como depois. Manter uma vida ativa é essencial em qualquer fase da vida, desde que com o acompanhamento correto e com as devidas precauções. Marque já a sua consulta com um dos nossos personal trainers.



Artigo revisto por: Dr. Miguel FC

Fontes:

https://www.acog.org/womens-health/faqs/exercise-during-pregnancy

https://americanpregnancy.org/healthy-pregnancy/is-it-safe/exercise-during-pregnancy/








6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo